Sem categoria

A brasilidade invade sua casa

08 NOV 2016

Não só de inspirações e tendências estrangeiras vivem o nosso design de interiores: referências da cultura brasileira estão com tudo! Vale lembrar que essa brasilidade se expressa muito além das cores. Claro, elas são símbolo de um país tropical e se conectam ao tema imediatamente. Mas esta tendência se expressa também através da diversidade das nossas origens, hábitos e tradições, como o artesanato; e ainda pelas formas e texturas das riquíssimas flora e fauna. Afinal, já cantava Jorge Ben Jor sobre o Brasil: “E bonito por natureza”.

 

O Apartamento Urbano de Natálie Tramontine e Karine Gonçalves para a Decora Lider Brasília 2015 é praticamente uma ode à brasilidade: misturam-se ao literal “verde e amarelo” elementos naturais, como fibras e muita madeira, e a explosão de cores desta versão da poltrona Museet, assinada pelo Estúdio Nada se Leva.

O Apartamento Urbano de Natálie Tramontine e Karine Gonçalves para a Decora Lider Brasília 2015 é praticamente uma ode à brasilidade. Misturam-se ao literal “verde e amarelo” elementos naturais, como fibras e muita madeira, e a explosão de cores desta versão da poltrona Museet, assinada pelo Estúdio Nada se Leva.

 

As cores da brasilidade

O mesmo Apartamento Urbano guarda outras referências tupiniquins: no quarto, mais madeira, como no banco Mocho, que ainda remete às lembranças da casa da avó, e a colcha e almofadas em crochê, riqueza do nosso artesanato.

O mesmo Apartamento Urbano guarda outras referências tupiniquins. No quarto, mais madeira, como no banco Mocho, que ainda remete às lembranças da casa da avó, e a colcha e almofadas em crochê, riqueza do nosso artesanato.

 

Diversidade de referências

A brasilidade invade a sua casa 3

No Espaço Identidade da Decora Lider BH 2015, obra do estúdio Nada se Leva, Raquel Nogueira e Renato Yonemoto, aparecem o amarelo vibrante, plantas e madeira. Mas o destaque fica por conta das poltronas e cadeiras Aurora, que rendem homenagem a Joaquim Tenreiro. Ele foi o designer de mobiliário que, na década de 1940, resgatou materiais esquecidos. A palhinha e jacarandá foram alguns desses materiais. Joaquim criou o que hoje chamamos de móvel brasileiro moderno.

 

Um país multicultural, de tantos contrastes, só poderia ser uma mistura de cores, sabores, aromas e texturas. Siga a onda da brasilidade explorando estilos diversos que podem conviver muito bem. Resgate referências indígenas, históricas e até gastronômicas. Invista no grande potencial de artistas plásticos, designers e artesão brasileiros. Utilize peças “Made in Brazil” no décor.

 

Todos os sentidos voltados às raízes

As arquitetas Isabela Ferreira Gonçalves e Maria Emília Abreu Santos de Paula, do Studio IN8, celebraram o Mercado Central, na Decora Lider BH 2014, criando um ambiente que aguça olhar, tato, olfato, paladar e audição, valorizando cores, texturas, perfumes, gostos e sons.

As arquitetas Isabela Ferreira Gonçalves e Maria Emília Abreu Santos de Paula celebraram o Mercado Central, na Decora Lider BH 2014. Elas criaram um ambiente que aguça o olhar, tato, olfato, paladar e audição, valorizando cores, texturas, perfumes, gostos e sons.

 

Dá para experimentar um pouco da brasilidade na decoração mesmo em detalhes sutis, lançando mão de peças como as mesas laterais Havana, que brindam à cachaça de mesmo nome, através de sua forma de “garrafa” e do material, que lembra os tonéis de bálsamo onde a bebida é envelhecida.

Dá para experimentar um pouco da brasilidade na decoração mesmo em detalhes sutis. As mesas laterais Havana, por exemplo, brindam à cachaça de mesmo nome, através de sua forma de “garrafa”. Além disso o material utilizado lembra os tonéis de bálsamo onde a bebida é envelhecida.

 

A força da madeira

Não só o colorido tropical, mesclando tonalidades vibrantes para um resultado alegre e cheio de energia, dá o toque brasileiro neste ambiente de Manu Lolato para a Decora Lider BH 2014: a madeira faz analogia à natureza, ainda mais quando conjugada a elementos como a palhinha, tradição do móvel colonial brasileiro que voltou à tona a partir da década de 1940, evocando o trançado e a cestaria indígenas – leveza que tem tudo a ver com o nosso clima!

Não só o colorido tropical, mesclando tonalidades vibrantes para um resultado alegre e cheio de energia, dá o toque brasileiro neste ambiente de Manu Lolato para a Decora Lider BH 2014. A madeira faz analogia à natureza, ainda mais quando conjugada a elementos como a palhinha, tradição do móvel colonial brasileiro que voltou à tona a partir da década de 1940. A palhinha evoca o trançado e a cestaria indígenas. Leveza que tem tudo a ver com o nosso clima!

 

A brasilidade rústica

Brasileiro também adora aconchego, receber as pessoas com afeto e compartilhar bons momentos. Essa “vibe” vai ao encontro de um ambiente integrador como a Varanda Gourmet, de Luciana Teixeira Stecchini para a Decora Lider Ribeirão Preto 2016: influências étnicas, por meio de referências às matas e aos índios, rusticidade na madeira de demolição, móveis de fibra e tons de azul e laranja queimado são pura brasilidade.

Brasileiro também adora aconchego. Receber as pessoas com afeto e compartilhar bons momentos é a nossa especialidade. Essa “vibe” vai ao encontro de um ambiente integrador como a Varanda Gourmet, de Luciana Teixeira Stecchini para a Decora Lider Ribeirão Preto 2016. As influências étnicas, por meio de referências às matas e aos índios, rusticidade na madeira de demolição, móveis de fibra e tons de azul e laranja queimado são pura brasilidade.

 

Pode apostar: referências diretas ou mesmo detalhes inspirados em nosso país vão deixar seu ninho com uma sensação ainda mais familiar! Conheça mais sobre a tendência da brasilidade e quais móveis e objetos de decoração podem ajudá-lo a introduzir nossas raízes no seu décor nas lojas da Lider.