quadros na decoração

Dica de decoração

Como inserir quadros na decoração

12 JUN 2018

Foi-se o tempo em que quadros eram exclusividade de apreciadores do mercado da arte, colecionadores e artistas. Hoje, você não precisa de uma obra de arte cara para deixar o seu décor muito mais bonito. Há diversas opções de obras de novos artistas, photoarts e até pôsteres, por um ótimo custo-benefício. Mudaram as obras de arte e também o jeito de posicioná-las no décor. Esqueça aquela composição simétrica, com o quadro no centro da parede. Hoje em dia ousadia é palavra de ordem, você pode misturar diversas obras na mesma parede, e há casos em que nem é necessário pendurá-las, apenas encostá-las. Ficou animado com a notícia? Então confira a seguir algumas dicas de como inserir quadros na decoração.

Preste atenção no estilo e nas cores do quadro

Por mais que você ache linda uma obra de arte, para inseri–la de forma harmoniosa no décor você deve levar em consideração o contexto em que ela será posicionada. Decorações com estilos clássicos, por exemplo, pedem obras de arte que conversem com os móveis e tecidos da época. Caso seu décor tenha uma pegada industrial vale apostar em photoarts ou quadros mais contemporâneos. A cor também é um fator a ser observado. É interessante combiná-la com tecidos, tons de madeira, tapetes e adornos. Tudo deve estar em perfeita sintonia.

quadros na decoração

Nesse ambiente, os quadros de Alencar Loch para a galeria Orlando Lemos seguem o azul da poltrona Coeva.

quadros na decoração

Photoarts também são uma ótima forma de conferir um ar mais contemporâneo a um espaço. Nessa sala, as obras de Juliana Sicoli para a galeria Orlando Lemos aquecem o ambiente, composto por uma cartela de cores claras.

Qual a posição correta?

Por muito tempo, os quadros foram pendurados no centro das paredes, de forma totalmente simétrica. Atualmente, a assimetria já se consolidou como tendência, e pode-se notar quadros pendurados somente na lateral de uma parede ou mesmo várias obras dispostas de forma irregular. Há também a tendência de apenas encostar o quadro na parede – seja em uma mesa de apoio ou no chão, dependendo de suas dimensões – ótima opção para quem mora em apartamentos alugados ou não quer estragar a parede da sala com furos. O importante é que o quadro seja posicionado na altura dos olhos. Geralmente, usa-se como base a medida de 1,60 metro.

quadros na decoração

Nessa sala, a obra de Kilian Glasner foi pendurada em uma estante. Ótima opção para quem deseja surpreender no décor.

quadros na decoração

Nesse quarto projetado por Nina Abadjieff, o quadro está posicionado na lateral da parede, seguindo a altura dos olhos do morador.

quadros na decoração

Estela Netto também optou por pendurar o quadro na lateral da parede desse quarto.

quadros na decoração

Nessa sala de Ana Cano Milman, o quadro está casualmente disposto no encosto do sofá. Na sala de jantar, a obra acompanha o comprimento da mesa Renda.

Como misturar?

Estratégia muito usada hoje em dia, misturar vários quadros em uma parede é uma ótima forma de deixar o décor mais moderno. Na hora de fazer essa mistura, é interessante que as obras escolhidas sigam um mesmo tema ou estilo. Mantenha o mesmo espaço entre elas – geralmente usa-se cerca de 3 a 5 cm – e monte uma “nova” obra de arte. É interessante montar a composição antes, no chão, para que você visualize melhor o conjunto e não fure a parede desnecessariamente.

quadros na decoração

Fotos e ilustrações compõem a parede dessa sala projetada pela Degradê Arquitetura.

quadros na decoração

As fotos inspiradas em folhagens foram dispostas de forma assimétrica nesse projeto da FKSA Arquitetura.

Pronto para inserir quadros no seu décor? Visite uma de nossas lojas para escolher complementos e móveis que melhor combinem com suas obras de arte!