Integração de ambientes - Lider Interiores - Cozinha Miriam Sena

Inspiração

Quando a cozinha encontra a sala

02 NOV 2012

A integração de ambientes é uma solução que vem ganhando cada vez mais espaço na arquitetura. Além de melhorar a comunicação entre os cômodos, essa estrutura também favorece a sensação de amplitude em casas com pouco espaço, traz mais versatilidade e modernidade aos projetos. Um modelo de conjugação que faz muito sucesso é o que une a cozinha à sala de estar. Com a transformação da cozinha em um espaço de convivência, preparar uma refeição tornou-se apenas um pretexto para reunir os amigos e a família, e aí a cozinha americana é um cenário ideal.

Acompanhe a Lider Interiores no Facebook e Twitter.

Integrar ambientes, no entanto, exige alguns cuidados, principalmente no que diz respeito à decoração, que deve ser pensada para estabelecer uma unidade entre os espaços. “Para obter harmonia na união dos ambientes é importante escolher cores que não sejam muito contrastantes e que mantenham a uniformidade visual do local. Da mesma forma, o piso deve ser preferencialmente o mesmo nos dois ambientes”, explica o arquiteto Vitor Cipriano. Assim também deve ser a escolha dos móveis. Uma vez que ficam expostos, eles têm que ser escolhidos e inseridos de maneira que valorize projeto. Tudo precisa ser bem proporcional para que fique agradável.

Ambiente Kelly Carvalho Casa Cor Brasília 2011

No caso da conjugação entre cozinha e sala, deve-se atentar para a dispersão da gordura e a falta de organização. “Ao unir esses espaços é fundamental levar em consideração questões como a gordura e, principalmente, o visual, que pode ser prejudicado caso o morador não tenha o costume de deixar a cozinha arrumada”, comenta o arquiteto. Para ele, uma solução interessante para moradores que são um pouco bagunceiros é deixar de abrir um vão inteiro para abrir somente meia parede entre a cozinha e a sala, criando balcões que podem inclusive ser usados como mesas.

Outro ponto para o qual Vitor Cipriano chama a atenção é o cheiro. Ele explica que uma das maiores dificuldades em projetar um espaço integrado como esse é evitar que os odores também se espalhem nos dois ambientes, e para amenizar esse ponto negativo a dica é utilizar um bom exaustor, e fazer a cozinha com boa circulação de ar e muitas janelas.

Respeitando a sintonia entre os espaços é possível aproveitar o melhor dos dois ambientes com elegância, requinte e muito conforto.

Gostou? Compartilhe!