Dica de decoração

Projeto de decoração: o que é preciso saber para não errar na hora de transformar sua casa

30 NOV 2019

A hora tão esperada chegou, e você já se vê escolhendo móveis, tecidos e adornos para o novo projeto da sua casa. Mas o que à primeira vista pode parecer encantador, à segunda é sinônimo de dúvidas como “por onde começar?”, “qual a melhor cor para esta sala?”, “integro ou não a cozinha à sala?”.

Para que seu projeto de decoração supere expectativas, o primeiro passo é contratar um designer de interiores ou arquiteto. Este profissional estará apto a te guiar por todo o processo. Com seu conhecimento técnico e sua bagagem cultural, vocês juntos podem pensar nas melhores formas de ter a casa que sempre sonhou.

No entanto, para que o projeto tenha a sua cara, é interessante que você siga alguns passos, até para deixar claro para o profissional as suas expectativas para o projeto.

 

Descubra o seu estilo de decoração

O primeiro passo é definir qual será o seu estilo de decoração. Para isso vale procurar referências no Pinterest e também em mostras como a Decora Lider. Ao procurá-las, fique atento a características como o design dos móveis (prefere os mais clássicos ou modernos?), cores que fazem seus olhos brilharem e tecidos que te passam a sensação de aconchego. Todas essas informações ajudarão o profissional a definir o estilo que você procura para o projeto.

Clássico e moderno se misturam neste Home de Fernando Pandolfi para a Decora Lider Vitória 2019.

Considere seu estilo de vida

Para o projeto atender as suas necessidades, você deve pensar em seu estilo de vida. Você recebe muitas pessoas em casa? Ou prefere um lugar mais focado no relaxamento? Gosta de cozinhar? Ou prefere fazer suas refeições fora? Tem crianças em casa? Todas essas informações influem na escolha de móveis e acabamentos, assim como na prioridade dos cômodos.

Seu estilo de vida deve ser levado em conta durante a escolha dos móveis. O Cabideiro Aida, por exemplo, garante a praticidade no dia a dia.

 

Faça um levantamento dos móveis e complementos que você já tem e que podem ser usados no projeto

Além de econômica, essa atitude é sustentável, característica que é uma tendência forte na decoração atual. Ela também garante que a sua casa tenha personalidade e fique com a sua cara. Vale selecionar aquela luminária que fez parte da casa dos seus pais, as louças de família, os tapetes que você adora e não abre mão.

Tapetes, luminárias e móveis que você já tenha podem ser usados na casa nova.

 

Pense nas suas cores, texturas e iluminação preferidas

Trocar ideias com o profissional a respeito das cores que podem ser usadas em cada ambiente, nos tipos de tecidos que você acha mais adequado para cada cômodo e na iluminação que precisa para o seu dia a dia também é importante. Esses itens parecem detalhes, mas são de extrema importância para o conjunto da obra.

Prefere um ambiente colorido e mais casual, como nesse ambiente de Jean de Just para a Decora Lider Rio? Cores e estilo da decoração devem ser definidos junto com o profissional. 

 

Faça seu orçamento

Planeje seus gastos e defina um orçamento realista para a execução do projeto. O profissional pode te ajudar na tarefa, dividindo os custos entre mão de obra, acabamentos, móveis e complementos. Com ele em mãos, você terá uma visão macro do que pode e não pode ser feito.

 

Pronto para decorar a sua casa? Visite uma de nossas lojas e confira nossos móveis e complementos!

Como ter uma cozinha prática e cheia de personalidade 2