Inspiração

Tons de madeira: como combinar

27 FEV 2013

Charmosa e elegante a madeira é um dos materiais prediletos quando o assunto é decoração. Com resistência incontestável e beleza singular, ela tem lugar garantido nas residências, onde cumpre com perfeição seu papel em pisos, portas, janelas e principalmente em móveis.

 

Uma das grandes vantagens da madeira é a grande variedade de cores nas quais ela pode ser encontrada, ainda em seu aspecto natural. Cada espécie de árvore tem características próprias que dão tonalidades diferentes para cada tipo de madeira, o que torna o material ainda mais interessante para o uso na decoração. Além disso, existem também os acabamentos em resinas como a laca, que possibilitam aplicar na madeira uma infinidade de cores.

E já que existem tantas tonalidades diferentes de madeira para optar, cada uma mais linda que a outra, como escolher as que vão combinar melhor na decoração e com o que devem combinar? Confira algumas dicas da designer de interiores Elaine Lorenzon para não errar na combinação.

De olho no piso
O piso de madeira é uma das coisas que influenciam na escolha das tonalidades da madeira dos móveis. Para Elaine, o ideal é usar tons contrastantes. “Gosto de trabalhar com tons opostos. Se o piso é claro, por exemplo, trabalho com branco ou com um tom de madeira acima. Se o piso for escuro, trabalho com móveis claros. Trabalhar com tons parecidos não fica uma boa composição”, explica.

Tons de Madeira - Decora Lider Salvador 2011

Combinar as portas
Diferente dos móveis, que devem ser  cor contrastante em relação ao piso, as portas devem ser escolhidas no mesmo tom. “De preferência, que sejam da mesma madeira que o piso”, explica a designer de interiores. No entanto, outra possibilidade é usar portas brancas, que produzem um resultado muito bacana.

Tamanho do ambiente
De acordo com Elaine Lorenzon, outro fator que também pode influenciar na escolha da cor da madeira é o tamanho do ambiente. “Querendo ou não, um piso ou parede em madeira escura faz com que o ambiente pareça reduzido”, explica.

De fácil combinação
Para a escolha das cores não há receita de bolo. Mas a dica da profissional é usar madeiras de tons amendoados, como o carvalho e o freijó, que diminuem o risco de erros, já que são mais fáceis de combinar.

Tons de Madeira - Luciana Rebello

Na prática
A mistura de cores é possível, mas cada caso deve ser analisado com cuidado para evitar exageros na composição. “Em uma sala com vários móveis de demolição ou rústicos, obrigatoriamente não teremos os mesmos tons de madeira, mas a combinação acontecerá devido à proposta da composição. Seria até elegante a variedade de cores”, explica Elaine, “em um ambiente contemporâneo, porém, não aconselho uma variedade de tonalidades de madeira, mas sim uma harmonia da madeira (único tom) com uma bela laca”.

E você? Tem alguma dica sobre combinação de diferentes tons de madeira? Compartilhe com a gente!

Tons de Madeira - Lider Interiores

 

 

 

Elaine Lorenzon Elaine Lorenzon

Designer de Interiores
(27) 3229-0602 / (27) 9960-7608