Arquitetura paramétrica: o que é e como utilizar?

14 ABR 2022
• Arquitetura

Quem se espanta com as curvas dos edifícios arquitetados por Zaha Hadid não imagina a tecnologia envolvida para criar formas tão curvas e tecnicamente viáveis. Tanta revolução arquitetônica fez com que surgisse até um termo para identificá-la: arquitetura paramétrica. Criado por Patrik Schumacher, sócio de Zaha Hadid, em 2008, o conceito explora o design do processo para chegar até a forma da edificação em questão. E o que seria este processo? Seria identificar parâmetros como a incidência do sol, os tipos de materiais, os esforços estruturais e as áreas de aberturas.

 

Parâmetros identificados, é hora de analisá-los por meio de algoritmos. Daí surgem softwares especializados em fazer esta leitura, como Grasshoper, Dynamo e Honeybee, todos utilizados em conjunto com outras plataformas, como o Archicad e o Bim.

 

Mas quando utilizamos a arquitetura paramétrica? Quando a arquitetura criada é baseada em formas ousadas, tecnicamente difíceis de serem construídas. Então, surge a necessidade de fazê-la “artesanalmente”, por meio da tecnologia. Essa dicotomia artesanal versus tecnologia é responsável por construções de tirar o fôlego. A seguir, você conhece algumas delas.

 

Sunrise Tower por Zaha Hadid

Localizado em Kuala Lumpur, na Malásia, a torre de 66 andares utilizou de parâmetros para se moldar ao seu entorno. Ou seja, cada curva, cada abertura, foi calculada parametricamente para atingir o resultado desejado.

arquitetura paramétrica

 

Heydar Aliyev Center por Zaha Hadid

O edifício foi pensado para ser o centro cultural do Azerbaijão. Premiado pelo Design Museum de Londres, foi considerado “uma obra tão sexy quanto a saia de Marilyn Monroe voando”. A metáfora só pode ser alcançada graças à arquitetura paramétrica, responsável pela grande curva que identifica a obra.

arquitetura paramétrica

 

Walt Disney Concert Hall por Frank Gehry

A casa de shows localizada em Los Angeles, usou da arquitetura paramétrica em sua estrutura, criando múltiplas dobras curvas por toda a edificação.

Walt Disney Concert Hall

 

Restaurante por SP+a

A arquitetura de interiores também recebe o conceito paramétrico. Neste restaurante em Mumbai, na Índia, o teto curvo com vários nichos foi criado graças ao processo da arquitetura paramétrica.

arquitetura paramétrica em restaurante na Índia

 

Museu do Amanhã por Santiago Calatrava

O edifício construído na zona central do Rio de Janeiro possui estrutura suspensa com várias aberturas, que avançam em direção ao mar.

Museu do Amanhã

 

Tower Swiss Re por Norman Foster

Um dos primeiros exemplares de arquitetura paramétrica de Londres foi criado pelo arquiteto Norman Foster. Sua curva verticalizada foi atingida graças à técnica paramétrica.

arquitetura paramétrica em edifício londrino

 

Gostou da arquitetura paramétrica? Conta pra gente nos comentários!

Como escolher o sofá perfeito

Confira as novidades do nosso blog

Dicas

4 passos para fazer uma limpeza energética na sua casa com o uso de cristais

Os cuidados com a casa têm muitos sentidos. Afinal, zelar por um lar vai além de mantê-lo sempre limpo e organizado. Em muitas tradições culturais e espirituais é comum fazer uma limpeza energética no lugar onde se mora. O objetivo é liberar energias negativas e deixar o novo entrar. Uma boa maneira de fazer isso […]

Dica de decoração

Conheça as 5 pedras mais utilizadas em cozinhas

Ela chegou sem pedir licença e assumiu o protagonismo da casa. A cozinha já é o lugar preferido para muitas pessoas. Em versão integrada...

Dicas

Liquidação Renova: 10 peças para dar um up no décor da sua casa

O início do ano é uma ótima oportunidade para garimpar bons negócios em nossas lojas e outlet virtual. Isso porque até o dia 13 de feve...

Dicas

Férias: saiba como preservar os estofados da casa de praia

Destino de muitas famílias nessas férias, a casa de praia é lugar de descanso, bons encontros e relaxamento. Mas para que todas essas boa...