Inspiração

Pinterest: saiba como usar a plataforma para encontrar inspiração para sua casa

06 NOV 2019

Em tempos em que conexão é a ordem do dia, o que não faltam são redes sociais disponíveis para te ajudar a se conectar com as pessoas e assim trocar ideias e conhecer um pouco mais sobre determinado assunto. Instagram, Facebook, Twitter e LinkedIn são algumas já conhecidas do grande público. 

Há, porém, uma rede que é sucesso entre fotógrafos, designers, artistas e os demais apaixonados por imagens: o Pinterest. Basicamente, essa rede funciona como um moodboard, em que você reúne as imagens mais inspiradoras. Ela é composta por quadros criados pelos usuários onde são armazenadas os pins – ou imagens –  de um determinado tema. 

Se você está decorando a casa, o Pinterest é uma fonte infinita de boas ideias. Mas como usar essa plataforma? Isso é o que mostramos para você a seguir.

 

1 – Faça o seu cadastro

Basta preencher seu e-mail e criar uma senha que você já está pronto para criar o seu perfil no Pinterest. Outras opções são o cadastro por meio do Google ou do Facebook.

 

2 – Como encontrar inspiração

Perfil criado, é hora de começar as pesquisas. É só digitar um assunto de sua preferência na busca, que automaticamente aparecerão várias fotos relacionadas ao tema.

 

3 – Criando sua coleção

Para salvá-las, basta arrastar o mouse ou tocar a imagem, no caso de smartphones, para que o botão de salvar apareça. Você também tem a opção de salvar as imagens diretamente no seu computador. Para isso, basta clicar na imagem de salvar que aparece no canto direito.

 

4 – Organizando seus quadros

 

Clicando na imagem, aparecem as opções de quadros já criados ou você pode criar um quadro na hora, com o título que achar mais pertinente. Para criar um quadro diretamente no perfil, basta clicar no + que aparece acima do seu nome. Você pode criar quantos quadros quiser e convidar pessoas para participar dele.

 

5 – Carregando suas imagens para o Pinterest

A rede também pode funcionar como um álbum de retratos, em que você guarda as suas fotos preferidas. Para isso, basta clicar no sinal + acima do seu nome e escolher a opção “criar Pin”.

 

6 – Encontre e siga pessoas, quadros e temas

Você pode seguir o perfil de amigos e assim “pinar” imagens interessantes, mas o Pinterest também possui a opção de seguir somente os quadros que você achar mais legal, independente da pessoa ser sua amiga ou não. 

Outra opção é seguir temas. Se você configurar o tema “casa”, por exemplo, várias imagens aparecerão na sua timeline. Outra dica é prestar atenção nos subtemas. Ao digitar “casa”, por exemplo, vários outros temas serão sugeridos, como “arquitetura”, “campo”, “rústicas” e “pequenas”. Isso permite que você direcione a sua busca e a torne ainda mais específica.

 

7 – Perfil público ou privado?

O intuito da rede é criar um moodboard de imagens, portanto não existe a opção de um perfil privado. Mas você pode criar quadros que só você pode visualizar, o que também garante a sua privacidade. 

Outra forma de garantir a privacidade e esconder seu perfil de mecanismos de busca como Google e Yahoo, por exemplo.

 

8 – Navegue na internet via Pinterest

Muitos pins da rede servem como link para os sites de onde foram tiradas suas imagens. É uma forma interessante de aprofundar seu conteúdo sobre determinado tema e não ficar restrito somente às imagens. 

Se a imagem estiver com o link, o endereço do site aparece assim que você tocar ou arrastar o mouse sobre a imagem.

 

9 – Salve imagens de sites

Uma outra opção muito prática para salvar fotos no Pinterest é instalar o botão de Pin no seu navegador. Ele é uma extensão do navegador que, ao ser instalado, oferece um recurso em que basta passar o mouse sobre as fotos dos sites que o  botão “Salvar” aparece sobre a imagem. Aí é só clicar nele e escolher o quadro em que irá armazená-lo. No site da Lider, por exemplo, você pode salvar todas as imagens no seu Pinterest.

 

Pronto para usar o Pinterest? Não deixe de seguir o nosso perfil para ficar por dentro de todas as novidades!

 

Como escolher o sofá perfeito